BB Cream, o bálsamo da beleza


BB Cream Beyond the Solution, da Lioele
BB Cream Beyond the Solution, da Lioele

Talvez nem todos saibam, mas o produto que hoje conhecemos como BB Cream foi inventado por uma dermatologista alemã, Dra. Christine Schrammek, ainda na década de 1960. Inicialmente, sua finalidade era ajudar na recuperação de pacientes durante o pós-operatório de cirurgias estéticas, bem como no tratamento da pele após procedimentos dermatológicos mais drásticos, como os peelings.

No entanto, foi graças à efervescente indústria cosmética dos países asiáticos, principalmente da Coréia do Sul, que o BB Cream deixou os consultórios médicos e ganhou a confiança das consumidoras orientais, experts quando o assunto é beleza da pele. A formulação foi inicialmente batizada de Blemish Balm. Posteriormente, quando invadiu as prateleiras dos mercados ocidentais, tornou-se conhecida como Beauty Balm e, hoje, simplesmente, BB Cream.

O BB Cream apresenta-se como um produto multifuncional, all-in-one, que promete eliminar várias etapas da preparação da pele. Além de cobrir imperfeições, como uma base, tem outras funções que visam proteger, nutrir e tratar a cútis. As formulações são bem diversificadas e as promessas infinitas. Os BB Creams podem substituir o sérum, hidratante, protetor solar, primer, além de proporcionar tratamentos anti-idade, de remoção de manchas e uniformização do tom da pele. Tudo concentrado em um único produto, uma única aplicação. Muitas formulações asiáticas têm propriedades clareadoras, bastante valorizadas pela cultura da região. Ao contrário das mulheres ocidentais, que adoram um bronzeado, elas não tomam sol por nada neste mundo.

Posteriormente ao sucesso dos BB Creams, chegaram ao mercado os CC Creams, que funcionam com tecnologia óptica, para corrigir a cor da pele (Color Correction). Estes produtos prometem reduzir a vermelhidão da tez, disfarçar a coloração das olheiras, atenuar manchas de melasma ou acne, e por aí vai. Falaremos sobre CC Creams em outro artigo.

A despeito da grande variedade de formulações, os BB Creams têm em comum o fato de proporcionarem uma cobertura mais leve em relação às bases tradicionais. Assemelham-se em textura aos tinted moisturizers, hidratantes com cor. Devido a esta característica, estes produtos são ideais para serem usados no dia a dia, em ocasiões em que se deseja obter um look mais natural, o famoso 'acordei assim'.

Os BB Creams também são ideais para o público masculino, justamente por serem práticos, multifuncionais e de cobertura leve, deixando a pele com a aparência mais discreta. Ao contrário dos artistas e modelos, é dureza para o cidadão comum botar a cara no sol coberta de base, corretivo e pó.

E por falar em sol, é justamente durante os dias quentes de verão que o BB Cream apresenta-se como a solução ideal para uma pele mais leve. No calor, o recomendável é que se utilize o menor número de produtos possível. Quanto mais camadas são aplicadas na face, maior a probabilidade de que as coisas comecem a derreter ao longo do dia.

Atualmente, quase todas as grandes marcas de cosméticos possuem suas versões de BB Creams. No entanto, ainda são as coreanas que fazem bastante sucesso entre os consumidores de ambos os lados do planeta. Eu estou usando o BB Cream Beyond the Solution, da Lioele, que ganhei da Elize Kawauchi, conforme contei neste artigo. Estou gostando bastante. Passo o dia inteiro com o produto no rosto e nem me lembro que estou usando maquiagem. Esta empresa coreana possui ainda outra formulação famosa, Triple the Solution, que é mais consistente e oferece maior cobertura. Não sei se estes BB Creams podem ser encontrados no Brasil. Existem lojas online especializadas na venda de cosméticos asiáticos. Também podem ser encomendados através do eBay ou AliExpress.

Outra marca coreana bastante famosa é a Missha. O BB Cream desta empresa tornou-se popular no Brasil graças à blogueira Camila Coelho, que é fã do produto e o utiliza há muito tempo. Recentemente, a Missha desembarcou no mercado brasileiro e seus produtos já podem ser encontrados em alguns pontos de venda. Em São Paulo, tem na Drogaria Iguatemi. Pretendo experimentá-lo no futuro e contarei para vocês o que achei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário