A Casa da Don'Anna é Restaurada




O bairro que hoje conhecemos como Campos Elíseos originou-se a partir da unificação de antigas chácaras da segunda metade do século XIX. O local foi escolhido para a construção das moradias pertencentes aos fazendeiros de café, devido à sua proximidade da histórica Estrada de Ferro Sorocabana, hoje estação Júlio Prestes.

A região, assim denominada em homenagem à Champs-Élysées parisiense, deu lugar ao primeiro bairro planejado da cidade de São Paulo. É nos Campos Elíseos, e não na Avenida Paulista, como muitos imaginam, que encontramos os históricos casarões dos barões do café. Muitos foram preservados e restaurados, guardando importantes referências arquitetônicas da história paulistana.

Neste contexto, situa-se a imponente casa localizada na esquina da Rua Guaianases com a Alameda Nothmann, no bairro dos Campos Elíseos. O palacete foi originalmente concebido com uma aparência completamente diferente, em estilo eclético.

Dona Anna Silva Telles foi a primeira moradora desta magnífica residência centenária, construída por seu pai, o Coronel Carlos da Silva Telles, e projetada pelo renomado arquiteto Ramos de Azevedo, o mesmo responsável pela construção do Theatro Municipal de São Paulo.

Localizada no centro histórico da cidade, a Casa da Don'Anna é uma bela reminiscência da época de ouro dos barões do café. Construída em 1912, durante o auge da cafeicultura brasileira, a residência foi reformada em 1942, por Octaviano Alves de Lima, marido de Anna Silva Telles. O projeto de reforma é do arquiteto Jacques Pilon.

Após a reforma da década de 1940, pouco restou da fachada original. Muitos elementos arquitetônicos, no entanto, foram preservados e podem ser observados no interior da casa, ainda nos dias de hoje.




Nos detalhes das fotos acima, o belíssimo gradil de ferro, que coordena com os gradis do porão e o portão principal. Também pode ser visualizada a escadaria de mármore na entrada da casa, elementos preservados da construção original.




Também permanece intacta a majestosa escadaria toda trabalhada em mármore, degraus e corrimão, com detalhes de arabescos em ferro no guarda corpo.




A característica arquitetônica de destaque da Casa da Don'Anna fica por conta do esplendoroso vitral em frente à escada, cujos elementos decorativos coordenam-se perfeitamente com o belíssimo trabalho em mosaico do piso logo abaixo, no hall de entrada da residência.




Após muitos anos fechada, a Casa da Don'Anna está prestes a reabrir suas portas ao público. A elegante mansão em estilo neoclássico passa por um minucioso trabalho de restauração, que preserva e ressalta a beleza arquitetônica deste valioso imóvel tombado como patrimônio histórico.




A residência continua pertencendo à família Alves de Lima e seus herdeiros pretendem transformá-la em um espaço cultural com múltiplas funções. Seus inúmeros aposentos serão disponibilizados para a realização de eventos dos mais diversos tipos, para serem utilizados como locações de filmagens, recintos para exposições e reuniões, dentre outros.




Além disso, como não poderia deixar de ser, a Casa da Don'Anna abrigará uma charmosa cafeteria, o Café Paulista, em alusão à empresa fundada em 1902 por Octaviano Alves de Lima, responsável pelo sucesso e popularização do café brasileiro na Argentina.




A Casa da Don'Anna é generosamente acolhida por jardins repletos de frondosas árvores centenárias. O local está sendo preparado para abrigar o Jardim das Orquídeas, espaço cultural dedicado à comunidade orquidófila. Será um agradável ponto de encontro onde os amantes de orquídeas poderão encontrar belíssimos exemplares diretamente fornecidos por produtores idôneos e escolhidos a dedo, além de saborear um café em mesas espalhadas pelo jardim. O espaço contará ainda com um charmoso terraço, integrado à casa e de frente para o jardim, com capacidade para 50 pessoas, onde serão ministrados cursos e palestras sobre o cultivo de orquídeas.

As fotos que ilustram esta matéria são de autoria do orquidófilo Yoshio Sano.

No dia 18 de setembro de 2017, a Casa da Don'Anna foi tema de uma reportagem publicada no jornal O Estado de São Paulo, escrita pela jornalista Priscila Mengue, com fotos de Tiago Queiroz.



Capa do Estadão, versão impressa, edição de 18/09/2017


18 comentários:

  1. Como é bom ler boas notícias!
    Principalmente quando são bem redigidas e lindamente ilustradas.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiz, tudo bem? Imagine, bondade sua! As fotos são mérito do Sr. Sano, de fato estão lindas!

      Muito obrigado pela visita e pela importante participação neste espaço!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Nossa não vejo a hora de conhecer de perto nos anos 89 passei muito por essa região agora espero revela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jorge, que legal! A casa e o jardim estão ficando lindos, acho que você vai gostar! Muito obrigado por comentar!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Muito bom saber disso , não vejo a hora de poder visitar , pelas fotos o lugar é maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem? Que bom que gostou da notícia! Sim, é um imóvel especial, está ficando muito bonito. Muito obrigado pela visita ao blog!

      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Ooi td bem Sergio, ficou linda esta foto subindo as escadarias.quero ve-la por dentro, deve ser linda, tanto como por fora. bjo

      Excluir
    3. Tudo bem, Jeanete? Que bom que gostou! A foto é do Tiago Queiroz, do Estadão! Muito obrigado pelo carinho do seu comentário!

      Um grande beijo e tudo de bom!

      Excluir
  4. Magnifica iniciativa.Como é importante a preservação da memória do nosso País.Parabéns emuito sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Sim, com certeza, concordo plenamente. Acho que foi muito feliz esta iniciativa do proprietário, só temos a ganhar com este novo espaço! Muito obrigado pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Bela e importante iniciativa para dar vida à essa construção fantástica! Um deslumbrante oásis de beleza e bom gosto. Certamente terás notícias dessa bela mansão para brindar aos que, como eu, estão longe. E esse jardim cheio de orquídeas... Parabéns aos proprietários e muito sucesso a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Sim, também admiro bastante a iniciativa do proprietário deste belo imóvel! Tenha certeza de que eu a manterei informada sobre as atividades do local, muito obrigado pelo carinho e interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Sérgio, parabéns pelo texto. Espero que fique pronta logo. Trabalho perto e quero visita-la e tomar um delicioso café e comprar orquídeas. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lúcia, tudo bem? Que legal saber que trabalha próximo ao imóvel! Com certeza, será um grande prazer recebê-la!

      A inauguração será nos dias 30 de setembro e 01 de outubro, a partir das 9h da manhã! Muito obrigado pelo interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Fantástico! E então, volta verdinha, a esperança ! Iniciativas magníficas que nos enchem o coração de bem estar! Bravíssimo! !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera, com certeza! Concordo plenamente, são iniciativas que nos dão alento para continuarmos. Muito obrigado pela linda mensagem!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Linda..magnífica!
    Parabéns aos herdeiros pela iniciativa. Sou fascinada por esses casarões. Espero ter a oportunidade de visita-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Regina, tudo bem? Que bom que gostou! A inauguração será nos dias 30 de setembro e 01 de outubro, a partir das 9h da manhã! Muito obrigado pelo interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir