Desfile da Dior - Um Milhão de Flores




Cinco grandes salões de uma elegante mansão parisiense foram o palco de um memorável desfile de moda da maison Dior. O evento marcou a estreia do estilista belga Raf Simons como diretor criativo da tradicional marca francesa, apresentando a coleção outono/inverno 2012.




Os aposentos da suntuosa residência tiveram suas paredes revestidas com um milhão de flores, dentre elas, rosas das mais diversas colorações, peônias, dálias, delfínios azuis e orquídeas brancas. Uma gigantesca operação de logística foi montada para que os salões pudessem abrigar tamanha variedade de flores frescas, a tempo do desfile.




Todo o processo começou três dias antes do evento. Do chão ao teto, as paredes do imóvel receberam uma camada de espuma floral umedecida. Paralelamente, um milhão de flores de corte começaram a ser pré selecionadas e separadas por aposento, madrugada adentro. Nas primeiras horas da manhã, rumaram ao casarão acondicionadas em diversos caminhões refrigerados.




A partir deste momento, iniciou-se uma corrida contra o tempo, com dezenas de artistas florais encarregados de distribuir estrategicamente as diferentes flores de acordo com o tema de cada salão. Apenas o processo de colocação das flores nas espumas florais demorou dois dias. Elas não foram simplesmente espetadas nos suportes, houve toda uma preparação da superfície com musgo, para um melhor acabamento.




Neste evento memorável, as flores não serviram apenas como decoração. O estilista Christian Dior tinha paixão por flores e jardins. Segundo o designer Raf Simons, que comandou o espetáculo, a decoração floral atuou como uma metáfora da coleção inteira das peças apresentadas, uma homenagem à 'Flower Woman' de Dior.




A seguir, as flores utilizadas em cada salão: 

Salon Bleu: Delfínios
Salon Dior: Peônias, Rosas, Zínias, Dálias, Campânulas, Achilleas (Mil Folhas)
Salon Jaune: Solidago (Tango)
Salon Blanc: Queen Anne’s Lace (Flor de Cenoura), Orquídeas, Pipettes
Salon Rouge: Orquídeas, Celósias, Rosas, Achilleas










Nenhum comentário:

Postar um comentário