Como cuidar de lírio da paz em interiores


Lírio da paz
Lírio da paz

Apesar de seu nome popular, o lírio da paz não faz parte da família Liliaceae, como alguns poderiam imaginar. Esta singela flor bastante popular, também conhecida como bandeira branca, não é parente dos lírios que costumamos encontrar nas floriculturas. Também não tem parentesco com a Alstroemeria, o lírio dos incas.

O nome científico do lírio da paz é um tanto quanto complicado, Spathiphyllum wallisii, e homenageia Gustav Wallis, um colecionador de plantas alemão que viveu no século XIX, tendo sido responsável pela introdução de várias espécies exóticas de diferentes partes do mundo na Europa. O lírio da paz é típico do continente americano, tendo sido descoberto na América Central.

Embora o lírio da paz seja frequentemente utilizado no paisagismo de jardins, é possível cultivá-lo facilmente dentro de casas e apartamentos. Entre as plantas que dão flores, talvez esta espécie seja uma das mais tranquilas para se manter em interiores. Mesmo na ausência de florações, sua folhagem abundante, em um tom fechado de verde, é altiva e bastante ornamental. Sua manutenção em apartamentos é bem mais fácil comparada ao cultivo de orquídeas.

Devido à sua origem tropical, o lírio da paz não aprecia regiões de climas muito frios. A luminosidade indireta vinda da janela, em uma sala, é suficiente para que esta planta cresça e floresça. As temperaturas amenas dos interiores das residências, agradáveis aos seres humanos, são perfeitas para o cultivo do lírio da paz. Ele, literalmente, sente-se em casa. No ambiente externo, em canteiros nos jardins, é importante protegê-lo do sol direto, nas horas mais quentes do dia, que podem prejudicar sua folhagem. Locais onde ocorrem geadas também são inóspitos para esta planta.

Lírio da paz
Lírio da paz

Trata-se de uma espécie que precisa de níveis corretos de umidade para se desenvolver. A falta de água é sentida imediatamente e a reação do lírio da paz costuma ser dramática. De uma hora para outra, suas folhas murcham e tombam desfalecidas. Felizmente, uma boa rega é suficiente para levantá-las novamente. É importante que a água seja fornecida na base da planta, próximo à terra, evitando-se molhar as flores.

Uma boa adubação regular, química ou orgânica, é essencial para uma floração consistente do lírio da paz. Ela pode ocorrer durante todo o ano, mas é mais intensa durante os meses da primavera e verão. A estrutura que costumamos chamar de flor, responsável por um outro nome popular desta planta, bandeira branca, é na verdade uma folha modificada. A estrutura central, de aspecto áspero, recebe o nome técnico de espádice e encontra-se completamente coberta por inúmeras e minúsculas flores. Trata-se de uma inflorescência.

É importante manter o lírio da paz fora do alcance de crianças pequenas e animais domésticos, visto que sua seiva é tóxica. Todas as partes da planta, folhas e flores, podem causar problemas de saúde, em caso de ingestão.

Além de realmente trazer paz para dentro dos nossos lares, esta planta ajuda a purificar o ambiente, conforme alguns estudos científicos demonstraram. Suas folhas são capazes de atuar como filtros biológicos, removendo elementos químicos tóxicos do ar. Muito mais do que um simples elemento decorativo, o lírio da paz é um valioso companheiro para transformar casas e apartamentos em agradáveis lares.

Cactos, suculentas, lumina e até mesmo um simples trevo roxo são excelentes opções para quem que trazer um pouco da natureza para dentro de casa. Para conhecer outras plantas interessantes para serem cultivadas em interiores, basta acessar o artigo abaixo: